sexta-feira, 8 de abril de 2016

Implantação de Área 30 em vias da Lapa de Baixo

Placa de Área de Velocidade ReduzidaInicia na segunda-feira (11/04) uma nova fase do Programa de Proteção à Vida - PPV com a implantação da primeira Área 30 em vias da região da Lapa de Baixo.

A Área 30 é uma Área de Velocidade Reduzida onde será regulamentada a velocidade máxima de 30 km/h, a serem implantados em locais onde um conjunto de vias predominantemente locais, com uso do solo misto, concentra grande circulação de pedestres.

Em tais áreas, que já tem a maioria do sistema viário com velocidade máxima permitida de 30 Km/h, por suas características físicas, é fundamental que tal regulamentação seja claramente percebida e respeitada pelo conjunto de motoristas em circulação. Trechos de vias coletoras ou arteriais que cruzam tais bolsões também terão suas velocidades máximas reduzidas para 30 km/h, para que fique evidente aos condutores que estão em espaço viário de segurança prioritária aos usuários vulneráveis e onde a atenção deve ser máxima, o que é extremamente facilitado pela condução em baixa velocidade.

Os acessos à área serão sinalizados com legendas “Área 30” pintadas no solo, placas de regulamentação de velocidade de 30km/h e placas educativas destacando a entrada em uma “Área de Velocidade Reduzida”.

Como nas demais ações do Programa de Proteção à Vida, o objetivo é reduzir os riscos de acidentes, promovendo o compartilhamento seguro e harmonioso do espaço viário entre os diferentes modos de deslocamentos dos cidadãos. A prioridade é a defesa dos mais frágeis, os pedestres, e também dos ciclistas e motociclistas, uma vez que tais usuários muito embora conduzam veículos, também estão expostos.

O gráfico abaixo demonstra que a velocidade de 30km/h impõe aos pedestres um risco de lesão fatal 50% menor do que a de 40km/h.

Probabilidade de lesão fatal


Lapa de Baixo

A região da Lapa de Baixo concentra grande volume de pedestres, oriundos do transporte coletivo por ônibus e por trem, sendo necessárias velocidades menores para promover condições seguras e confortáveis de circulação a tais usuários, que ainda representam o maior número de vítimas no trânsito em São Paulo.

A área que agora recebe esta intervenção tem 1,4 km² e é delimitada pela linha férrea da CPTM, seguida pela Avenida Embaixador Macedo Soares (Marginal Tietê), Avenida Ermano Marchetti e Avenida Santa Marina. Nestas vias que compõem o perímetro não haverá mudança de velocidade.


Ver todas as ÁREAS 40 e 30 num mapa maior

Para a implantação da Área de Velocidade Reduzida na região da Lapa de Baixo serão utilizadas 48 placas de sinalização vertical de regulamentação, advertência e educativas, além de 40 m² de sinalização horizontal nas vias afetadas pela mudança, além de 8 banneres, alertando sobre as alterações.

A Engenharia de Campo da CET vai orientar o tráfego na área com nova sinalização e monitorar as intervenções, visando avaliar os resultados das medidas implantadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário