segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

CET defende Educação Inclusiva em seminário de Mobilidade Urbana


Seminário Mobilidade Urbana – Dia Internacional da Pessoa com Deficiência – Estamos Todos Aqui
A CET aproveitou o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência (03/12) para estimular o debate em torno da inclusão social como política pública na cidade de São Paulo.

No “Seminário Mobilidade Urbana – Dia Internacional da Pessoa com Deficiência – Estamos Todos Aqui”, realizado no auditório das Faculdades Integradas Rio Branco, foram apresentadas as práticas realizadas para integrar os cidadãos portadores de deficiência, de forma segura, humanizada e pacífica no sistema viário.

Durante a palestra “Trânsito x Pessoa com Deficiência”, a analista de gestão do Centro de Treinamento e Educação de Trânsito - CETET, Flávia Maria de Paiva Vidal, destacou as ações tomadas pela empresa no sentido de preservar o bem-estar dos cidadãos por meio do Programa de Proteção à Vida (PPV).

“As pessoas com deficiência merecem tratamento especial e nosso conjunto de implantações abrange sua inclusão de forma segura em nossa sociedade”.Para a educadora Lúcia Maria Ludescher, a boa convivência entre as pessoas “deve ser uma prática constante”. Por isso, a Companhia tem o compromisso de desenvolver um trabalho de educação inclusiva, ajudando a construção de cidade. A especialista ministrou a palestra sobre “A Educação de Trânsito e as Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida”.

Vale destacar que desde 2005, o CETET, ligado à Companhia, ministra cursos, palestras e atividades educativas com vistas à reflexão sobre a mobilidade urbana e a pessoa com deficiência e mobilidade reduzida.

Seminário Mobilidade Urbana – Dia Internacional da Pessoa com Deficiência – Estamos Todos AquiNa avaliação da supervisora do Departamento de Educação à Distância da CET, Josefina Giacomini Kiefer, a educação é o caminho transformador para a construção de uma sociedade mais humanizada e inclusiva. “Nosso trabalho é formar cidadãos melhores no trânsito, com valores e princípios voltados à qualidade de vida”. A palestra foi compartilhada com as educadoras Ana Paula Moreira dos Santos e Claudia Myskiw.

Também participaram do seminário pela CET, o diretor-adjunto de Planejamento, Projetos e Educação de Trânsito, Tadeu Leite Duarte, e a coordenadora do Departamento de Relações Públicas, Luciana Rehder.

Contribuíram para o sucesso dos debates a favor deste importante trabalho, o consultor técnico de Relações Institucionais da Associação Brasileira de Assistência a Pessoa com Deficiência Visual (LARAMARA), Antônio Carlos Barqueiro; a diretora do Centro Profissionalizante Rio Branco (CEPRO), Susana Penteado; a professora da Fundação de Artes de São Caetano, Viviane Louro, a secretária municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida (SMPED), Dra. Marianne Pinotti; e o assessor especial da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Marco Antônio Pellegrini.

Nenhum comentário:

Postar um comentário