segunda-feira, 23 de novembro de 2015

São Paulo apresenta resultados positivos na 2ª Conferência Global de Alto Nível sobre Segurança no Trânsito

Os reflexos positivos do Programa de Proteção a Vida foram apresentados pelo secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto

A política de mobilidade na cidade de São Paulo, no que se refere à melhoria dos deslocamentos, tem produzido uma série de resultados importantes. Entre eles, está a redução do número de mortes por 100 mil habitantes, que caiu de 12 para 9,45 nos últimos cinco anos. Esse e outros números foram apresentados pelo secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, na 2ª Conferência Global de Alto Nível sobre Segurança no Trânsito, que ocorreu em Brasília nos dias 18 e 19/11.

As constantes quedas nos índices de mortalidade e feridos têm origem no Programa de Proteção à Vida, que vem sendo desenvolvido desde 2013. A meta é reduzir a mortalidade a 6/100 mil até 2020, conforme proposta da Organização das Nações Unidas.

Fazem parte dessas iniciativas paulistanas o estabelecimento da velocidade máxima de 50 km/h nas principais vias. Também integram as ações o estabelecimento de perímetros específicos, de grande volume de pedestres e centros comerciais, em que a velocidade máxima não ultrapassa os 40 km/h. há, ainda, a implementação de faixas exclusivas para ônibus e bicicletas, que contribuem para organizar o trânsito.

A Conferência Global está em sua segunda edição e se propõe a debater e apresentar soluções para o trânsito em escala mundial.

Nos dois dias do evento, dirigentes políticos participam dos debates em conjunto com organizações internacionais, não governamentais, entidades acadêmicas e o setor privado.

Secretário Tatto apresenta os resultados que vêm sendo alcançados em São Paulo








Nenhum comentário:

Postar um comentário