terça-feira, 24 de novembro de 2015

Frente Segura reduz atropelamentos em 28%

O programa cria uma área de acomodação para motos e bicicletas junto aos semáforos e à frente dos demais veículos

Os atropelamentos diminuíram 28% e os acidentes com motos caíram 25% nos cruzamentos onde foi implantada a Frente Segura. A iniciativa começou a ser implementada há pouco mais de dois anos e integra o Programa de Proteção à Vida (PPV). A Frente Segura consiste na demarcação de um espaço para motos e bicicletas, junto aos semáforos e à frente dos outros veículos, o que facilita a saída quando o sinal abre para o trânsito.

Frente Segura 

Em 54 cruzamentos monitorados, um ano antes da respectiva criação da Frente houve 43 atropelamentos, após a instalação da área específica foram 31 casos.

O registro de acidentes envolvendo todos os veículos caiu de 161 para 142. Nesses casos, o número de feridos foi reduzido de 186 para 155 e os acidentes e atropelamentos envolvendo motos também cairam de 102 para 77.

Não houve notificação de situações fatais.

Veja quadro completo:

Antes
Depois
Variação
Atropelamentos
43
31
- 28%
Acidentes c/ vítimas (feridos)
118
111
- 6%
Total acidentes
161
142
- 12%
Feridos
186
155
- 17%

De abril de 2013 até outubro de 2015 foram implantados 326 Frentes em vias da cidade. Já estão prontos 71 novos projetos que serão executados.

Entre os locais onde houve a implantação podemos destacar as avenidas dos Bandeirantes, Eng. Caetano Álvares, Prof. Francisco Morato, Radial Leste, Rebouças, Sumaré e Tancredo Neves.

Projetos implantados:
  • 2013: 109
  • 2014: 71
  • 2015: 146
O Programa de Proteção à Vida foi iniciado em 2013 e busca a redução de acidentes e atropelamentos na cidade ampliando uma série de ações para segurança de todos os agentes do trânsito, especialmente os pedestres.

Saiba mais sobre o projeto Frente Segura no site da CET.


Nenhum comentário:

Postar um comentário