terça-feira, 6 de outubro de 2015

Cartilha do Ciclista é lançada em iniciativa inédita no país

Cartilha do Ciclista
Os primeiros 100 mil exemplares serão distribuídos em órgãos da Prefeitura e entidades ligadas ao setor cicloviário

A Secretaria Municipal de Transporte (SMT), através da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) lançou nesta segunda-feira (05/10), a “Cartilha do Ciclista”. O evento aconteceu no Espaço Red Bull Station e contou com a presença de autoridades, entidades do movimento ciclístico e pessoas preocupadas com a questão da mobilidade na cidade de São Paulo.

Com conteúdo objetivo e ilustrado, a “Cartilha do Ciclista” traz aos leitores uma série de informações sobre a rede cicloviária, regras de circulação e segurança, sinalização destinada aos ciclistas, inserção e integração junto a outros modais, disseminando boas dicas para convivência saudável, harmônica e segura no trânsito. Desta forma, apesar de ser direcionada ao ciclista, a cartilha é de interesse de todos aqueles que buscam o respeito mútuo e o compartilhamento pacífico do espaço urbano.

Segundo Suzana Leite Nogueira, do Departamento de Planejamento Cicloviário da CET, a Cartilha é resultado de um projeto iniciado em 2013 e que continua em andamento. “Sua produção contou com a participação de muitas pessoas e forma a pensar a bicicleta como um meio de transporte, mais um modal para a cidade”, concluiu.

 Suzana Leite Nogueira durante a apresentação da Cartilha do CiclistaSuzana Leite Nogueira durante a apresentação da Cartilha do Ciclista
Todo o material foi produzido com suporte das gerências de Educação de Trânsito, Planejamento, Logística e Estudos de Tráfego, além do Departamento de Planejamento Cicloviário, num investimento estimado de 68 mil reais.

Para Tuca Munhoz, Secretário Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, a cartilha vem reforçar o respeito ao compartilhamento de espaço. “Fortificar o espaço do ciclista é fortificar o espaço do pedestre na cidade de São Paulo”, salientou.

 Munhoz falou sobre o espaço do ciclista e do pedestreTuca Munhoz falou sobre o espaço do ciclista e do pedestre
A CET fará a distribuição dos 100 mil exemplares em órgãos da Prefeitura e entidades ligadas ao setor cicloviário. No entanto, todo o material está disponível no site da CET (www.cetsp.com.br) para consulta e impressão.

O Secretário Municipal de Transportes, Jilmar Tatto ressaltou que as pessoas estão autorizadas a reproduzir a Cartilha: “Temos que valorizar e começar a dar publicidade ao bom trabalho feito. A reprodução da Cartilha do Ciclista está autorizada, somente não podendo ser mudado o seu conteúdo. Estamos fazendo história aqui, pois a ciclovia é equipamento da cidade que veio para ficar.”

 
 Secretário Municipal de Transportes parabenizou o trabalho realizadoO Secretário Municipal de Transportes parabenizou o trabalho realizado
O incremento de ciclovias em São Paulo na atual gestão alcançou a marca de 260,2 km, somados aos 31,9 km de ciclorrotas. A malha cicloviária está em 356,8 km. A meta da Prefeitura é entregar 400 km de ciclovias até o final do mandato.

O sistema cicloviário é parte integrante da Política de Mobilidade do Município, e busca a efetivação dos princípios da Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei Federal 12.587, de 2012), da Política Municipal de Mudança do Clima de São Paulo (Lei Municipal 14.933, de 2009) e do Plano Diretor Estratégico (Lei Municipal 16.050, de 2014) no Município de São Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário