terça-feira, 15 de setembro de 2015

SMT promove a Semana da Mobilidade 2015


Eventos deste ano discutirão a participação dos cidadãos na busca por um trânsito mais seguro e a democratização do espaço viário na cidade

A Secretaria Municipal de Transportes (SMT), a SPTrans e a CET irão coordenar uma série de eventos para comemorar a Semana da Mobilidade 2015, entre os dias 18 e 25 de setembro e o Dia Mundial sem Carro, no dia 22, com o objetivo de discutir e refletir as formas de se mover pela cidade.

Neste ano a Semana tem como tema a frase “Mobilidade: seja você a mudança na cidade” e pretende mostrar a mudança de postura dos paulistanos na busca pela redução dos acidentes e a democratização do sistema viário.

Durante toda a semana e, também, em boa parte do mês de setembro, serão realizadas atividades em parceria com outras secretarias municipais e entidades privadas, com temas variados como circulação de bicicletas, segurança no trânsito, além de audiências para debater a mobilidade em São Paulo.

Também estão previstos números circenses, esquetes teatrais e apresentações musicais nas ruas da cidade e em terminais de ônibus. A programação completa está disponível no site especial da Semana: http://semanadamobilidade.cetsp.com.br/

Além das atividades já programadas, entidades que promoverão ações relacionadas à Semana da Mobilidade durante o mês poderão inscrevê-las para integrar a programação oficial. O cadastramento estásendo feito pela internet.

Organização

A Semana da Mobilidade é uma iniciativa prevista pelo Código de Trânsito Brasileiro, realizada pelos órgãos que compõem o Sistema Nacional de Trânsito, do qual São Paulo faz parte.

Melhorias no transporte público e na mobilidade urbana

A SMT está promovendo uma série de ações para melhorar a mobilidade urbana na cidade, como a nova licitação do sistema de transporte, que prevê a substituição de parte dos veículos menores por modelos com maior capacidade de transporte, permitindo aumentar o número de viagens realizadas pelos ônibus em 24%, passando das atuais 186.350 por dia para 231.846. A oferta de lugares também será acrescida de 1,13 milhão para 1,28 milhão por dia, ou 13%.

Dentre outras ações estão a criação de uma série de políticas para melhorar a vida dos usuários de ônibus, ciclistas e pedestres. Desta forma, a cidade passou a contar com 480 km de faixas exclusivas, enquanto a malha cicloviária passou a contar com 386 km e chegará a 400 km em 2016. Além disso, as principais vias de São Paulo terão sua velocidade máxima reduzida para 50 km/h, com o objetivo de diminuir o impacto de acidentes, reduzindo as ocorrências fatais.

Também foi criado, em 2013, o Bilhete Único Mensal, que permite aos paulistanos utilizar livremente o sistema de ônibus da capital pagando uma tarifa única, válida por 31 dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário