quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Programa de Proteção à Vida: Av. Angélica e Av. Nadir Dias de Figueiredo terão redução de velocidade


A Companhia de Engenharia de Tráfego implantará a partir desta segunda-feira (17/08) redução de velocidade na Avenida Angélica (centro) e na Avenida Nadir Dias de Figueiredo (zona norte). Somadas à Avenida Doutor Abraão Ribeiro, à Avenida Pacaembu e à Rua Major Natanael (todas na zona oeste), serão cinco vias onde será regulamentada a velocidade máxima de 50 km/h. Hoje, a velocidade permitida é de 60 km/h. A medida está inserida no plano de redução de acidentes viários do "Programa de Proteção à Vida".

Faixas começam a ser instaladas nesta quinta-feira (13) para orientar motoristas sobre a mudança com alguns dias de antecedência.

O "Programa de Proteção à Vida", iniciado em 2013, no começo da atual gestão, visa a redução de acidentes e atropelamentos na cidade, ampliado uma série de ações para segurança de todos os agentes do trânsito, especialmente os pedestres, que inclui várias frentes como o "CET no Seu Bairro"; a implantação de "Áreas 40"; do "Frente Segura" (bolsões de parada junto aos semáforos para motociclistas e bicicletas); das faixas de pedestres diagonais em cruzamentos de grande movimento; e da redução de velocidade para o padrão máximo de 50 km/h. Com isso, pretende-se melhorar a segurança dos usuários do sistema viário, buscando a convivência pacífica entre todos.


Alterações no Sistema Viário
Avenida Angélica
Regulamentação de velocidade máxima de 50 km/h no trecho entre a Avenida Paulista e a Rua Baronesa de Itu, e de 40 km/h entre a Rua Baronesa de Itú e a Rua Barra Funda. A velocidade de 40 km/h nesse trecho é necessária em função de área escolar (Escola Técnica Oswaldo Cruz) e do volume de pedestres que se dirigem à Estação Marechal Deodoro do Metrô. Anteriormente, a velocidade permitida era de até 60 km/h.

Avenida Nadir Dias de Figueiredo
Regulamentação de velocidade máxima de 50 km/h entre a Rua Curuçá e a Avenida Guilherme Cotching, (1,6 Km). Anteriormente, a velocidade permitida era de até 60 km/h.



Nenhum comentário:

Postar um comentário