segunda-feira, 6 de julho de 2015

Frente Segura - mais seis bolsões de espera para motos na Avenida Alcântara Machado

Para melhorar a segurança de motociclistas, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) vem implantando uma sinalização horizontal que delimita uma área exclusiva de espera para motos. Esta iniciativa faz parte da chamada Operação Frente Segura, lançada em abril de 2013 para criar uma área de acomodação mais segura para os veículos sobre duas rodas, ao pararem para aguardar a abertura do semáforo.

Na quinta-feira (02/07) foram ativados mais seis bolsões em cruzamentos da Avenida Alcântara Machado (Radial Leste), exclusivos para motocicletas:
  • Avenida Alcântara Machado X Rua da Figueira
  • Avenida Alcântara Machado X Rua Almirante Brasil (manutenção)
  • Avenida Alcântara Machado X Rua Hipódromo (manutenção)
  • Avenida Alcântara Machado, próximo ao Viaduto Bresser
  • Avenida Alcântara Machado X Rua João Tobias
  • Avenida Alcântara Machado X Rua Doutor Fomm
Além da sinalização de solo característica (pictogramas de motocicleta pintados no asfalto), a caixa de acomodação – que está situada entre a faixa de pedestres e os automóveis parados no vermelho do semáforo veicular - tem sua sinalização reforçada com placa educativa, evidenciando que ali é um espaço para a espera de motos. Foram implantados 345 m² de sinalização horizontal e 15 placas.

Atenção aos vulneráveis

Pedestres, motociclistas e ciclistas são os agentes de trânsito mais vulneráveis a acidentes quando o assunto é Segurança Viária. Em 2014, das 1.249 pessoas que perderam a vida vítimas de ocorrências fatais no sistema viário, 555 (42,4%) eram pedestres, 440 (35,2%) conduziam motocicleta e 47 (3,8%) estavam pedalando.

Os locais para implantação da Frente Segura são escolhidos, basicamente, em função do volume considerável de veículos de duas rodas que passam pelas vias e conflito veicular, incluindo-se aí o critério da Segurança Viária.

A iniciativa da Frente Segura tem como objetivos:
  • Proporcionar maior segurança para as motocicletas e ciclistas, diminuindo o conflito com autos no momento da largada no verde do semáforo;
  • Aumentar o respeito das motos à linha de retenção e à faixa de travessia;
  • Dar maior visibilidade às motos junto às travessias de pedestres;
  • Diminuir o número de acidentes envolvendo motos, ciclistas e pedestres no cruzamento. 
A primeira caixa de acomodação foi implantada na extremidade do Viaduto do Chá, no cruzamento com a Rua Xavier de Toledo, no final do mês de abril de 2013. Vale lembrar que essa sinalização, que ainda é novidade no trânsito paulistano, já vem sendo usada com êxito em cidades espanholas como Barcelona e Madri. Em Barcelona, foi testada em três cruzamentos em 2009 e, posteriormente, expandida para outros locais. A autoridade de trânsito de Barcelona, onde as motos são 29% da frota de veículos, avalia que a área de espera exclusiva para motos diminuiu em 90% o risco de acidentes com motos nos cruzamentos daquela metrópole.

A Engenharia de Campo da CET vai monitorar a implantação e orientar o tráfego na área.

Nenhum comentário:

Postar um comentário