segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Projeto Centro Aberto - Rua Xavier de Toledo x Viaduto do Chá recebe Faixa de Pedestres Diagonal (em "X"), a partir de hoje (9)

Em continuidade às ações voltadas ao aumento da segurança do sistema viário, a Secretaria Municipal de Transportes, através da Companhia de Engenharia de Tráfego - CET, ativa, a partir desta segunda-feira (9), travessia de pedestres nas diagonais do cruzamento da Rua Xavier de Toledo com o Viaduto do Chá.

 Este é o terceiro endereço no Centro da Cidade a receber a sinalização diferenciada. Modelo é baseado em prática utilizada em Tóquio e visa dar mais segurança aos pedestres.

A iniciativa está integrada ao Projeto Centro Aberto, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (SMDU) que prevê, entre outras ações, qualificar os espaços físicos, promover atrações culturais nas ruas, bem como otimizar e qualificar ações de proteção e priorização de pedestres e ciclistas na Região Central.

Esta faixa de pedestres em “X” visa facilitar a vida dos pedestres que, ao invés de efetuarem a travessia em duas etapas distintas (uma via por vez), para atingir a esquina oposta, poderão fazê-lo em uma única vez, conforme croqui abaixo.

croqui de faixa em diagonal da Rua Cel. Xavier de Toledo com o Viaduto do Chá

A pesquisa de contagem de travessia de pedestres realizada no cruzamento apresenta uma estimativa do volume de pedestres no horário de maior movimento nos três períodos (manhã, entre picos e tarde). Foram 3.000, 4.400 e 6.800 pessoas/hora, respectivamente.

Placa educativa informando como interpretar e utilizar corretamente o semáforo para pedestre na  travessia em diagonalCom base nesses dados, o cruzamento foi contemplado com a implantação das novas faixas de pedestres, novas placas educativas criadas para informar a permissão da travessia na diagonal, sinalização semafórica de pedestres para atender a nova situação e propiciar tempo de travessia segura (10 segundos de verde acrescidos de 21 segundos de vermelho piscante). Veja ao lado ilustração desta nova sinalização.

O tempo médio de travessia que, em duas etapas, é de 135 segundos; na diagonal, cai para 73 segundos. Um ganho de 62 segundos para os usuários que desejem alcançar as calçadas das diagonais.

Em 08 de dezembro, foi implantada a primeira travessia em “x” do país no cruzamento das ruas Riachuelo e Cristovão Colombo, a partir da qual foram estabelecidos parâmetros e feitas as devidas avaliações. Em 26 de janeiro, o cruzamento das avenidas Ipiranga e São João foi o segundo a receber a novidade.

Equipes da CET farão o acompanhamento das intervenções para garantir a segurança e a orientação aos transeuntes e motoristas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário