quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Funcionário da CET lança livro


Na esteira das comemorações pelos 461 anos da cidade de São Paulo, o funcionário da CET, Edison de Oliveira Vianna Junior, que trabalha na área de investigação de acidentes de trânsito da GST, lança no dia 23/01 o livro “São Paulo – 200 Anos Atrás” (Ed. Esquadro & Compasso, 64 pág.)

O lançamento da obra, escrita em autoria com o amigo e editor Manoel de Barros Cavalcante Filho, acontece no térreo do Shopping Light, onde é possível visitar até 8/02 uma exposição de gravuras (reproduções) do pintor austríaco Tomas Ender (1793-1875), cuja iconografia inspirou a elaboração e tema do referido livro.

Nascido e falecido em Viena, capital da Áustria, Ender foi um pintor viajante que veio ao Brasil entre 1817 e 1818 numa expedição científica. Sua missão: retratar, nas aquarelas, as mais diversas paisagens e cenas cotidianas peculiares daqui, para serem apresentadas à Coroa portuguesa comandada, então, pelo regente Dom João VI.

O livro traz, assim, uma coletânea de 31 imagens desse artista europeu que dão uma ideia da vida paulistana no início do século XIX (seus hábitos comportamentais, vestuário, meios de transporte e monumentos característicos da época).

“É uma reflexão e uma viagem ao passado, através das pinturas de Ender, de como era São Paulo há 200 anos. A arquitetura, o povo, a economia e a logística típicas daquele tempo. Procuramos, ainda, responder questões curiosas como o porquê de a cidade ter sido fundada no lugar onde está, tendo surgido numa vila planaltina”, explica Vianna.

Arquiteto e urbanista de formação, professor universitário e escritor nas horas livres, Edison é paulistano e está na CET desde 1994, quando ingressou por meio de concurso na área de projetos da Companhia. Depois, passou um período na antiga GET 3, foi cedido para atuar profissionalmente em Brasília, voltou a São Paulo em 2013 e, no ano passado, retomou suas atividades laborais na CET, as quais concilia com seu ofício de escritor.

Livro "São Paulo - 200 Anos Atrás"

Nenhum comentário:

Postar um comentário